2 de maio de 2013


"Eu não gosto de falar das etapas da minha vida porque isso é bulir com a dor. Mas é assim mesmo. Você vive em capítulos. E tem que aceitar. Muita gente à minha volta ficou injetando rancor e ódio no meu coração. O final era previsível: entrar no caos, continuar para baixo e não parar até chegar ao inferno. Quando já estivesse fervendo no azeite e no enxofre em chamas, não haveria mais remédio.
 
Minha pele já estava torrada e fedendo a gases sulfurosos quando consegui interromper a queda. E comecei a recuperar alguma coisa de bom. Deu trabalho. Nunca mais voltei a ser o mesmo. Felizmente a vida é irreversível. E o mais importante é que não continuei rolando até o inferno. São testes que a vida nos submete. Se você não souber ou não puder superar, fica lá. E talvez não tenha tempo nem de se despedir."
 
 (Deixando o inferno para trás, Pedro Juan Gutiérrez)