30 de dezembro de 2009

:

"Agora falando sério / Eu queria não mentir / Não queria enganar / Driblar, iludir / Tanto desencanto / E você que está me ouvindo / Quer saber o que está havendo / Com as flores do meu quintal? / O amor-perfeito, traindo / A sempre-viva, morrendo / E a rosa, cheirando mal"



PS: brevíssima resolução de ano-novo.