5 de novembro de 2007

Explicação desnecessária (que darei mesmo assim)

Não tenho sobre o que escrever, mesmo que aconteça algumas coisas na minha vida. A grandessíssima novidade é uma solidão se precedentes que me abateu, mas e daí? Desde quando isso é um acontecimento? Desde quando interessa? se nem a mim interessa muito?

Escrevi bastante. Finalizei projetos. Comecei outros. Entrei numa e crise e saí. E voltei a entrar. No entanto, não tenho muito a dizer. E justamente quando descubro que ao menos alguém lia este blog. Espero que entenda. Juro que me esforço para ter o que escrever, mas é assim mesmo: quando as coisas acontecem não consigo colocá-las para fora num surto de meu-querido-diário. Demora tempos, afinal, l’avenir dure longtemps.

E assim vamos. Quem sabe amanhã não conto alguma coisa? Quem sabe até não coloco uma foto?