14 de agosto de 2007

A verdade, nua e crua

A verdade é que não tenho muito que dizer. Minha vida é chata. Quer dizer, chata ela não é, mas ultimamente tenho dedicado muito tempo à burocracia. Gostaria que fosse diferente, mas não é. Por isso, dias e dias atrás de editais, planilhas de orçamento e o diabo a quatro. Mal necessário.

E acontece que, por isso, tenho muito pouco a dizer. Quase nada. Ou melhor, nada mesmo. Apenas que os projetos estão rolando. Daqui a pouco um ou outro aparece. Ou um e outro.

Assim terei o que escrever. Não é mesmo?