23 de julho de 2007

Segunda-feira de chuva

Acordei de ressaca. Intelectual, eu acho. Mas férias, finalmente.

E a peça só volta em cartaz próximo mês. Quem foi, gostou. E até que foi bastante gente. Mais importante é que foram pessoas que admiro. Além do mais, eu gostei. Estou satisfeito com o trabalho. E estou engatilhando outro. Outros. Cada coisa a seu tempo.

No mais, escrevo amanhã. Saiu uma matéria no Correio Popular sobre os novos escritores de Campinas. Estou lá, com foto e tudo no jornal, mas não estou só: Ácido, Áspero e Aspargos. Dos quais muito em breve vocês terão notícias. Mas se a ansiedade apertar, corra e veja nossa cara no jornal de ontem. Ao menos alguns de nós.

É isso. Acho que por hoje é só.